Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

15 de outubro de 2010

Um coração partido, uma tentativa de conserta-lo

Oii gente, hoje eu não sei o que houve comigo, mas me deu vontade de fazer uma Fic de um dos meus casais preferidos do House Of Night, Zoey e Heath. Essa Fic é baseada no quarto livro da série quando Zoey começa a ver os resultados de decisões erradas que ela tomou no terceiro livro. Bem espero que gostem.( eu tentei fazer com que ficasse boa, eu juro =P)


Parte I- Uma ferida aberta, com amor cicatriza?


Se um dia Nyx me dissesse que seria fácil lutar pelo bem, eu diria que nossa Deusa tem sérios problemas com relação a facilidade. Sem querer ofendê-la é claro. Agora sem meus amigos, com minha amiga morta-viva escondida na casa dos pais da Aphrodite, Aphrodite desaparecida, e sem nenhum namorado, e paro para pensar mais que droga eu me enfiei. Nala com aquele jeito de gata rabugenta , dando aqueles Miaauff's me faz lembrar que é hora de encarar a realidade. E que eram :
1- Loren tirou minha virgindade, mas também fez isso porque Neferet pediu, logo eu fui usada.
2- Erick nos pegou no flagra, se transformou em um vampiro adulto, e nunca mais queria olhar para mim.
3- Meu imprint com Heath foi quebrado, e ele estava sofrendo.
Aí minha deusa será que eu só sei enfiar os pés pelas mãos... Mas vamos lá, eu tenho que resolver isso Heath primeiro, meus amigos demorariam a me perdoar por guardar segredos e não contar a eles. Eles eram perfeitos babacas. Eu havia tampado minhas marcas, e tinha que dar um jeito de fugir daqui. A parte de fugir não era difícil, eu podia me transformar em nevoa ( haha me senti a tempestade dos X-men) novamente e sair pela arvore que tem no muro do campus. O difícil é fazer com que o Heath queira falar comigo. Aí droga, eu precisa dos conselhos da Aphrodite agora, tá eu sei que ela é uma vadia do inferno, mas no momento é a que se mostrou minha amiga realmente, é realmente eu estou com sérios problemas... será que aqui tem psicólogos? Deixando meus problemas mentais de lado, eu já havia entrado no meu Fusca Vintage, mas sem o lação que nos unia, eu não sei como acha-lo. Inferno, o jeito é ir na Starbucks e ver se eu conseguia encontra-lo. Com certeza minha ex-melhor-amiga Kayla estava lá dando mole para o meu -ex-futuro-talvez-volte -a-ser-meu-namorado, aí como isso me irritava. Chegando na Starbucks olhei atentamente por ele, e então o vi, sentando com um olhar perdido, minha deusa, como isso partia meu coração. Mas eu teria que resolver as coisas e fui na direção dele; Ao me ver ele levantou para ir embora, mas eu o segurei a tempo.

Zoey oque você quer comigo? -Heath me pergunta

Eu.. eu quero resolver essa situação, quero me desculpar por ter tomado uma decisão que lhe causou dor- Tá já que eu havia começa tinha que ir até o final- Agora eu vejo que eu te amo realmente, e não tinha nada haver com o sangue oque eu sentia com você, era amor, mas eu errei e cai no papo furado daquele cara, e não sabia que te causaria dor, e quando soube, não sabia como agir, e também teve o fato de que ele me traiu, nossa.. resumindo eu não queria ter feito aquilo.

Ele me olhou de cima a baixo com um olhar julgador, e com o tom mais seco me respondeu- Ah ele te traiu baby? Nada que você não tenha arrumado para você mesma. Sabe o que é pior e ridículo, é que eu sempre te disse que te amava, e o sangue não era nada em comparação ao meu sentimento por você. Pedir desculpa não basta Zoey, você não tem idéia da dor que eu senti ...e que eu ainda sinto por te amar. Uma vez eu te disse que não era porque você estava se transformando em vampira que precisava mudar o seu interiorvocê deveria ser sempre a Zo, a minha Zo.. mas parece que ela sumiu dentro dessa Zoey que eu jamais reconheceria. Eu ainda te amo, mas farei de tudo para te esquecer.

Eu não agüentei, aquelas palavras me feriram, não que eu não merecesse, sim eu merecia, ele me amou da forma mais doce e eu o trai, mas eu não me acostumei com aquele Heath cruel e frio, o Heath era doce, cavalheiro, sexy e com um jeito bobão, mas também mostrando uma sabedoria que sempre me ajudava. Eu senti as lágrimas descerem e meu rosto se contorcer de dor ao ver como eu o feri, e também vi que ele não queria me magoar, só estava se defendendo … de mim.

De quê adianta chorar Zoey, você já não fez o estrago?



Ana, que está morrendo de medo de vocês não gostarem da Fic.
Beiijos

6 comentarios:

Nivinhaa disse...

Ana!!!!

Adorei a fic! O Heath é um dos meus personagens preferidos e eu até hoje não me conformo com o que acontece com ele em tentada. :(

bju

Karol disse...

Muito legal prima! O capítulo ficou bem "Zoey" mesmo aushauhs.

Eu adorei o (haha me senti a tempestade dos X-men)

:p

morri de rir!

Ana ♦ disse...

Também não Nivinha, ele amava a Zoey de verdade, e ela traiu ele feio. Sempre me revolto nessa parte. =/

Que bom que você gostou *-*

hsauhsauh Bem prima eu tentei =P

Lipe . disse...

Comecei a ler, mas vi que pra entender eu ia ter que ter lido o livro, então nem terminei, mas quando eu ler o livro vou ler com certeza *-*

PS: Comentário SUPER ÚTIL esse, né ?

Ana ♦ disse...

Todo comentário é útil =P
Assim sabemos que vocês ainda leêm nosso blog *-*

Lipe . disse...

Aaaah não resisti e li, maaaaaano, muito boa *-* E olha que eu nem li os livros ainda *o*

Assuntos