Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

28 de julho de 2010

Diário de Bicicleta- Um dia triste

A vida é um conto de Fadas?


Oque eu posso dizer, obvio que não. Não, não gente, não querendo desanimar, mas como eu cheguei a essa conclusão? Aqui vai meu diário de bicicleta.


Sabe quando você realmente gosta de alguém? Não digo só uma a paixonite, você esquece num piscar de olhos, digo gostar realmente, de falar nele toda hora, encher o saco da Karol contando mil vezes como ele é. Olha que eu não sou sentimentalista , sempre achei que ficar assim por um cara era babaquice. Até que eu paguei minha língua, gostando de alguém realmente, apresentei ele a minha família, e ele passou a fazer parte da minha vida. Tudo estava indo tão bem, tudo tão romântico, tão fora da realidade. E eu amava essa vida que eu estava levando, até que começaram as brigas, houve uma realmente feia, dissemos coisas um ao outro que nos magoaram, mas não quisemos desistir, e continuamos juntos; Mas de lá pra cá, tudo mudou, eu mudei, ele mudou e nós dois não eramos os mesmos, sempre apontando os erros um do outro, sempre cobrando além do que pode riamos cobrar. E nossa relação estável, virou instável, sempre o assunto término vinha no meio de uma boba discussão. Até que em uma feia onde ele me disse coisas que me machucaram profundamente, ele decidiu terminar comigo. Nossa quando ele começou o discurso que era melhor assim, meu coração parou e as lágrimas desceram, e eu fiquei sem palavras. Eu não queria perde-lo de jeito algum, então num ato de desespero lhe implorei pra ser meu amigo, achando que era o único jeito de suprir a dor que ele estava me causando. No momento acho que por pena ele aceito a idéia, mas no dia seguinte me disse que não dava pra ser assim, que se um dia fossemos ter uma segunda chance eu teria que ir atrás dele, procura-lo , mas ele não me doaria a companhia dele. Outra dor nasceu no meu peito, outra que eu não consegui controlar. As lágrimas desciam novamente, e dessa vez eu vi que não tinha jeito. Ele não seria meu amigo.

Sabe aí vem a pergunta porque todos nós contamos com um conto de Fadas, se quando realmente encontramos alguém que você gosta tanto ela te deixa e nem sua presença quer que você tenha, quando seu coração dói, as lágrimas descem e você sabe que aquela história acabou e você vai ter que levantar só, e começar outra? Como podemos sonhar com os contos ? Simples não dá, viva com os pés no chão, saiba que um dia tudo terá fim, e aproveite cada segundo sem brigar com a pessoa que você gosta.

Conselho de quem só aprendeu isso agora.


Ana

3 comentarios:

Karol - A Menina que Roubava Cookies disse...

Ah, prima não fica triste não.

Mas eu vou respeitar o seu momento "Zoey Redbird" e deixar você ser um pouquinho dramática. A vida é assim, as pessoas são diferentes e nem sempre elas funcionam juntas por mais legais que elas sejam.

Porém, aqui vai o meu conselho, aproveite o seu momento "Zoey" por um tempinho e depois levanta sacode a poeira e se inspire na "Afrodite", por que uma hora o seu gerreiro vai aparecer ;D

Lipe disse...

Ana, que chaato isso :/
Fiquei triste, com isso, poorque... Ah porque vse ser liinda e eu não gosto dee saber qee vse táá triste, uuma peessôa tão saaltitant6e queenem Alice ou Yas, nuum momento Bella-chorando-pelo-Edward...

Aaah quando num é pra seer, num é, bola pra frente, sigura na mão de Deus e vai :D

Voocê é muuito liinda, legal, engraçada, tuudo iisso, tipo, tssss, intão... Não fiica triste, tá :D

Pê disse...

nossa Ana, fiquei triste...
como a Karol disse:
tenha um tempo pra vc!
tempo de refletir, de pensar no que passou, de reviver momentos, mas nao se martirize tanto, vc NAO esta sozinha, guarde os momentos bons, e tbm os ruins! pq é com eles que levantamos e seguimos em frente, sem cometer esses mesmos erros, e se cometer: pense q é uma nova historia, e o final, ou o recomeço é sempre diferente!

fica bemmmm *_*

Assuntos