Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

21 de março de 2010

Sobre o Vicio


Vicio, segundo a Wikipédia, é um hábito repetitivo que degenera ou causa algum prejuízo ao viciado e aos que com ele convivem. Algumas pessoas têm como vício o cigarro, ou bebidas alcoólicas, ou maconha, cocaína, crack, êxtase, morfina, fudopê...

Eu confesso que sou uma viciada, e não duvide que meu vício envolve um hábito repetitivo que diversas vezes causa prejuízo. Você pode estar pensando neste momento que eu falo do Fudopê, também conhecido como Fumo dos pequenos, ou em seu nome científico Matinhum hobbitienses. Mas não é. É algo muito pior.

A grande verdade é que o meu gosto pelo Fumo dos Pequenos surgiu apenas como mais uma conseqüência deste meu grave vicio. Sei que não sou a única que sofre com este problema, sei que talvez você mesmo saiba exatamente o que eu sinto agora.

A sociedade nunca nos apoiaria... Usuários de crack podem ter uma segunda chance, mas nós... Nós não. Nunca seremos compreendidos, nunca seremos curados. É uma bola de neve que continua crescendo sem controle, interferindo na nossa vida, influenciando nossos julgamentos e nos fazendo arrastar outros para a mesma condição.

E pensar que tudo começou dentro da minha família. Surpreenda-se, mas foi meu próprio tio que me ofereceu o primeiro forte o bastante para viciar. Eu tive contato com aquilo antes, claro, mas... depois daquele dia não teve volta. “Experimenta karol, eu sei que você vai gostar...” Foi assim que aconteceu.

Mesmo insegura eu fiz o que ele pedia, afinal eu era praticamente uma criança facilmente influenciável. Então eu alcancei o pacote suspeito que era oferecido e fui ao quarto experimentar minha primeira viagem em privacidade.

Foi a melhor sensação do mundo, maravilhoso, sedutor, inesperado. Depois disso eu perdi o controle. Sempre querendo mais, querendo outro, um mais forte, mais intenso. Comecei a variar os tipos,  gastar toda a minha mesada com isso, comecei a trocar informações e “folhinhas mágicas” com outros viciados, descobri que eles podem se conseguidos facilmente na internet se você souber onde procurar.

Por isso eu vim alertar você. Fique longe dos LIVROS se não quiser acabar como eu: Uma pessoa que precisa entregar a monografia muito em breve, mas não consegue parar de ler Harry Potter.

karol (Que depois de uma década ainda é obsecada pelo Harry)

5 comentarios:

Ana ♦ disse...

Coitada, eu sei como você se sente, e como se sentiu, nosso padrinho fez o mesmo comigo.. Mas pra mim foi pior, minha mãe deu continuação a esse vicio, me mostrando várias vertentes dele.. Deus... Que mulher é essa que vicia a filha.. Agora eu descubro que meu amor também é viciado.. Jesus ....

Oh e agora quem poderá nos ajudar?

Beatriz disse...

Eu sei como é isso... tbm amo ler. Uma saga q eu acho lgl tbm é a saga Percy Jackson e os Olimpianos.
Amo!!

Karol - A Menina que Roubava Cookies disse...

Ahh,

Eu vou começar a ler essa série logo logo!

Thais disse...

Shuahs...aí adorei o post..muito suspense...

E agora me confesso perante vocês que também faço parte do grupo de viciadas.

Mas não tem como me livrar desse vício.

Lipe disse...

Sou um viciado.

Meldeus...

o.O

Ah to nem aí nem quero me curar mesmo =P

Assuntos