Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

6 de fevereiro de 2010

Um nome

Pronto povo... agora vcs ja podem comentar e eu vou continuar a postar... cada um faz seu papel :D

Espero que gostem

“Eu preciso correr!”, era isso que eu pensava, mais meu corpo não conseguia mais acompanhar a intensidade dos meus pensamentos, se fosse uma luta justa...Mas eu estava fraca, não, eu era fraca em comparação ao meu predador, eu não passava de uma formiga pra ele, estava sentindo isso a cada respiração que cortava meus pulmões, se ele quisesse, eu já estaria morta, ele nem se preocupada em correr,estava brincando comigo.
A floresta parecia querer o meu fim, eu tropeçava até nos meus pés, eu tinha consciência de que eu estava machucada, mas não tinha tempo pra me preocupar com isso, eu estava correndo para viver, eu queria viver, não entendo por que esse estranho demônio me quer tanto, existem tantas mulheres na cidade, por que comigo? Bem, acho que tenho sorte, usando um humor negro é claro.
De repente não ouvi mais os passos que infligiam minha alma, “ele foi embora!” uma nova onda de esperança passou por minha mente “não esta tudo acabado” e dominada por um cansaço repentino, me encostei numa arvore que me pareceu acolhedora, não tinha reparado que estava ofegando tanto, os sons que vinham da floresta eram quase inaudíveis em comparação ao barulho da minha respiração, “uma presa muito fácil” era isso que eu era, então porque ele parou?! Minha pergunta mental foi respondida instantaneamente “Ele não parou”, me levantei, e corri os olhos pelo lugar onde me encontrava, ele estava lá, eu podia sentir...
Meus sentidos se provaram mais verdadeiros do que eu realmente queria, eu em um movimento involuntário com a cabeça olhei para a copa da arvore em que tinha acabado de descansar, ele estava lá. O homem que me atraiu até ali, sem fazer o mínimo de esforço, o homem que eu sentia ser a coisa mais perigosa com que eu já tinha me deparado em toda a minha vida, “quem era ele?” aos poucos eu fui sentido uma calma forçada se apossar de mim, era uma sensação inevitável, mas na minha consciência, eu sabia que não devia me sentir assim, mas não tinha mais forças para lutar, eu não queria mais lutar com ele, enquanto eu tinha esse pequeno conflito interior, ele desceu da arvore em um salto, pra mim pareceu quase flutuante, mas eu não era a pessoa certa para dizer isso, estava deslumbrada, não tinha reparado em como meu perseguidor tinha uma beleza inumana, meus olhos deviam estar sem foco, pois ele sorriu.
“O que você é?” pensei em fazer essa pergunta, mas achei a resposta obvia, então minha mente vagou por um mar desconhecido de perguntas sem resposta, que iria fatalmente, deixar pra traz, a lua estava linda no céu, e me dei conta de que essa seria a ultima coisa que veria, minha mente conseguiu se focar em uma pergunta que não queria deixar sem resposta, e embora não tivesse quase forças dentro de mim, perguntei ao meu assassino “ Qual seu nome?” o efeito dessa pergunta me surpreendeu, ele parou de sugar meu sangue, me deitou no chão e passou sua mão no meu rosto, deslizando até meu pescoço, onde pude sentir, o ferimento que ele me causou, mas isso tudo foi percebido em segundo plano, a sensação dominante dentro de mim era de calafrios alucinantes enquanto ele me tocava, ele afastou sua mão e me disse com um tom de voz, como se falasse com uma criança “Sabia que você não é a primeira pessoa que me faz essa pergunta?” não adiantou ele ter parado, eu estava fraca demais para continuar viva, sentia um manto pesado lutar para cobrir minha visão, mas eu não podia morrer, não sem saber a minha resposta, então com minhas ultimas forças repeti a pergunta, “Qual seu nome?” ele sorriu pra mim, mais foi mais um sorriso de curiosidade e de interesse, então quando eu achei que não ia viver o bastante para saber a resposta, ele falou, “Eu me chamo Louis”, depois de ouvir o que eu queria, me entreguei as trevas que me puxavam deste mundo.

By_FLávok

4 comentarios:

naninha cardoso disse...

Amei amei a continuação !!
Flávia eu to tão viciada nos seus contos q eu já to anciosa pra saber o q vai acaontecer!
Nossa eu amo esse blog !!! :D
bjus a todas!!!!
xau

naninha cardoso disse...

e a todos * :D

Gabiih disse...

mto bom flávia
continua assim
ansiosa pela continuação
mal vejo a hora :*

florzinha410 disse...

a adoreiiiiiiiiiii;d
bjs

Assuntos