Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

30 de janeiro de 2010

O sabor de um beijo...

E ai minha gente :D bem seremos sinceras isso é uma postagemn
automatica por que a essa hora devo estar passando por minas... sabe como é
neh... dois dias de carro ^^
Essa história tem um final muito... muito... ahaa não vo
falar não :D, Se eu não aparecer pra postar pessoalmente daqui a dois dias é por
que devo ter morrido na estrada [ não confio muito na direção do meu pai
sabe]
De qualquer forma, vamos esquentar as coisas e por um
pouco mais de pimenta na situação :D


Yara congelou. Aquele vampiro que estava na frente dela tinha descoberto seu segredo mais precioso, seu verdadeiro ponto fraco... Seu colar. O mesmo colar que ela tinha achado na rua a muito tempo atrás e que tinha mudado toda sua vida. O mesmo colar que era a razão de estar viva... seu lindo colar de rubis, que tinha uma única proteção a invisibilidade. A única coisa que ela tinha que fazer era simples, manter os inimigos longe do seu pescoço, longe do lugar onde eles não poderiam ver, mas sentir seu colar. Ela tinha fracassado. Thiago, aquele vampiro estranho sabia do seu segredo, naquele instante pensou em quantos caçadores tinham morrido nas suas mãos... uma lagrima se formou em seus olhos. Yara percebeu um leve sorriso se formar no lindo rosto que a encarava, não teve tempo mais de pensar em nada.
Só sentiu os lábios daquele homem nos seus, ela agora só sentia os braços do vampiro a apertarem, não sabia o que sentia, por um lado queria chorar por ter revelado seu segredo, mas por outro sentia uma coisa que não sentia a muito tempo, tanto tempo que a palavra demorou para ser formada em sua cabeça, “Amor” isso a fez ter mais vontade de chorar, quando percebeu o quanto queria aquele homem, se lembrou do seu namorado... Aquele que ela amou, mas que o tempo tirou dela... Lembrou-se também que por mais que gostasse do homem que a beijava tão intensamente, ele era o mesmo que ela deveria matar. Não segurou as lagrimas.
- Por que você está chorando?
Que pergunta mais imbecil... Como se ele não soubesse que ela mais que ninguém tinha motivos para chorar.
- O que você quer Thiago?
- Eu quero você Yara.
- Acho que isso eu não posso dar...
- Por que ?
- Por tudo... eu não posso.
Ela se afastou, mas ainda estava muito abalada, estava realmente frágil, e essa altura já estava esperando o golpe que quebraria seu colar, não ia mais lutar, não queria mais lutar... estava cansada demais para continuar, estava relembrando a vida que tinha antes de encontrar aquela maldita jóia na rua, relembrando até do que não viveu, pensou na vida que poderia ter tido... Marido... Filhos... Netos... Uma casa fixa pra fazer faxina toda sexta, estava cansada de ser sozinha, de vagar pela noite salvando pessoas, ninguém nunca a salvava. Começou a achar que o destino realmente a odiava, depois de todo este tempo, quando já estava anestesiada, quando já tinha esquecido o que é ter companhia, quando não se lembrava mais de como era querer alguém e ficar se perguntando se a outra pessoa sente a mesma coisa, Thiago simplesmente aparece em sua vida, e a faz sentir emoções que tinha enterrado junto com as pessoas que amava conforme o tempo foi passando... Isso era crueldade, pensou no porque caçava vampiros, e pensou que no começo era pelas pessoas, pela morte repentina e injusta que esses monstros causavam... Mas agora começou a achar que era por habito, pois não se lembrava mais do que era chegar em casa e ter alguém esperando, alguém que precise dela, se ela morresse agora pelas mãos daquele vampiro, quem iria lamentar? Ninguém ia chorar por ela. Ela não queria mais essa vida. E Thiago? Agora ela via que toda a implicância era porque na verdade já começava a gostar dele... um vampiro, um dos monstros que ela deveria liquidar... O destino a odiava.
- Yara eu não quero te matar...
- Por que não? A minutos eu queria...
- Mas e agora? não quer?
- Não sei mais o que eu quero...
- Mas eu sei o que você quer Yara.
Ele me beijou de novo.

Inté mais gente
BjOs
By_Flávok_

0 comentarios:

Assuntos