Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

23 de junho de 2009

Culpa

Noite sem Lua:

***

Eu já caminhava de volta para a casa quando Carlisle se ofereceu para levar Bella. "Eu faço isso", interrompi.

Eu lutava para manter meu rosto vazio, suave, eu não pretendia iniciar qualquer classe de discussão naquele momento, eu só queria deixar Bella segura em casa. "Carlisle pode me levar", eu notei o tom de preocupação em sua voz. Ela desviou o olhar para a blusa manchada com sangue e cobertura de bolo.

"Eu estou bem." Eu não estava- mas eu queria tranqüilizá-la. A blusa azul manchada só fazia me lembrar do fiasco que a noite havia se tornado. "Você vai precisar se trocar, de qualquer jeito. Você vai fazer Charlie ter um ataque do coração assim. Eu vou pedir pra Alice te dar alguma coisa".

Saí antes que ela ou Carlisle tentasse argumentar. "Ele está muito chateado", ainda ouvi Bella comentar. "Sim", Carlisle concordou. "Essa noite era exatamente o tipo de coisa que ele mais temia. Você ser colocada em risco, por causa do que ele é".

Meu estômago afundou com essa afirmação. Não importa o quanto eu me esforce, eu nunca poderei fugir do que eu sou. Essa noite foi apenas uma confirmação desse fato, assim como todas as outras coisas que me alertavam a me manter afastado de Bella. – Avisos que eu insistia em ignorar.

"Isso não é culpa dele". Era sim. Sempre foi. Estava na hora de parar de mentir para mim mesmo e admitir que eu e meu mundo nunca seremos seguros o suficiente para ela.

Encontrei Alice fora da casa e ela já sabia o que eu precisava – e o que eu pretendia. “Não vai funcionar, Edward. Você não vai conseguir, então nem se dê ao trabalho.” As visões de Alice oscilavam imprecisas. Minha decisão – seja de ficar ou partir – ainda não era forte o suficiente.

“Eu não vou discutir isso com você agora. Vá ajudar Bella, por favor.” Procurei manter minha voz uniforme - eu não precisava de uma discussão com Alice naquele momento. Eu estava me esforçando muito para manter minhas emoções sobre controle, eu não queria tornar aquela noite pior do que já era para Bella.

Entrei com Alice pela porta traseira ainda mantendo uma atitude neutra. Alice se dirigiu a Bella sem questionar mais, "Vamos. Eu vou arranjar algo menos macabro pra você usar".

karol

3 comentarios:

Marcela de Vasconcellos disse...

Eu sofro....


e o Ed, a Bella, a Alice...melDeus!

Anônimo disse...

Karol...
Simplesmente adoooooroooo
Suas fick
vC tem um talento nato!!!
(se eH assim q escreve aoieoaieo'o)
Vlww...
Esse blog eH o melhor (y³
notaaa 1000

Danny Astine

Monique Feels Tudo isso disse...

A fic tã tão lindaaa =)

Assuntos