Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

18 de junho de 2009

Carlisle

Continuando...
***


Precisa de mim... será? Eu voltei para a casa sem pressa pensando sobre a visão de Alice, eu ainda não havia tomado aquela decisão - não realmente. Contudo desde o dia que quase perdi Bella em Phoenix eu sabia a coisa certa a ser feita, eu só não sabia onde encontrar forças para fazer. Eu não queria pensar sobre isso - ainda não.

Esme me esperava na orla da floresta quando voltei, ela se aproximou lentamente com um olhar preocupado e sem dizer nada me envolveu em um abraço maternal. Como você está meu querido? Suspirei. “Estou bem mãe”, respondi levemente retribuindo o abraço. Eu não tinha a intenção de ferir Esme.

“Vai ficar tudo bem Edward, nós só vamos precisar ser mais cuidadosos até... encontrarmos uma solução...”, Esme hesitou e tentou esconder cuidadosamente sua idéia de solução - a única que eu me recuso a aceitar. Mas ainda assim eu vi. Fechei meus olhos com força tentando manter a calma.

“Eu vou ver Bella”, respondi me soltando de seu abraço e Esme me dirigiu um olhar preocupado. Sinto muito filho... Mas você merece ser feliz...

Eu caminhei em direção a casa procurando controlar minha irritação, Esme não queria o mal de Bella, mas era extremamente passional. Parei no meio do caminho ao perceber que Bella e Carlisle conversavam. Eu podia vê-los pela grande janela de vidro da cozinha, Bella ainda estava sentada sobre a mesa mas Carlisle já havia terminado seu trabalho.

“Mas eu espero que haja um sentido nessa vida, mesmo pra nós, é um longo período eu admito, de todas as formas, estamos decididamente condenados... Mas eu espero, talvez inutilmente, que nós ganhemos alguma espécie de crédito por tentar", Carlisle falava.

"Eu não acho que isso é inútil e não acho que as outras pessoas achariam também.", Bella concordava.

"Na verdade, você é a primeira a concordar comigo". Carlisle percebeu minha presença, mas não interrompeu a conversa, eu sabia que ele poderia me ver mesmo na escuridão. Talvez nós deveríamos tentar entendê-la filho.

No início eu demorei um pouco a entender o tema da conversa, mas depois percebi - religião. Entre todas as coisas, esse era um tema que eu não imaginava que pudesse interessá-la. Nós raramente falamos sobre isso, nem Charlie ou Bella pareciam ser muito religiosos. Porque ela se interessaria agora?



karol

4 comentarios:

_Flávia Tavares_ disse...

aiaiai vo chorar quando ele largar ela...toda vez que paro pra ler a fanfic penso se é agora... ai me sinto aliviada quando vejo que a despedida ainda não aconteceu...
muito boa fic!!! parabens Karol!!!

Marcela de Vasconcellos disse...

Flaviaaaaaa!

Vou ali comprar uns lencinhos e já volto...quer também!!!


***super happy porque chegaram meus livros, comprei os 3 por 67 reias no sub!***

Vampiros Jogam Baseball! disse...

super happy porque chegaram meus livros, comprei os 3 por 67 reias no sub!***

Deprimi!

Pq vc gastou só isso? Pq eu paguei 90??

Vampiros Jogam Baseball! disse...

~Eu vou chorar =(

Assuntos