Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

21 de junho de 2009

Bella e sua proposta indecente

Desculpa o atraso gente, mas eu fui convocada para o aniversário da Monique (que mora em outra cidade) e não pude postar :) Mas. continuando...
***
"Os outros não acham o mesmo?", Bella perguntou surpresa. "Edward concorda comigo em um ponto. Deus e o paraíso existem... e o inferno também. Mas ele não acredita em uma próxima vida para o nosso tipo". Carlisle falava suavemente olhando para mim através da grande janela de vidro. “Entenda, ele acha que somos almas perdidas".

Isso não era exatamente verdade, eu não esperava nenhum tipo de futuro para mim. Todavia, eu não poderia aceitar a idéia que Carlisle não teria uma segunda chance, de que o esforço dele não mereceria crédito. Carlisle nunca foi o tipo de monstro no qual nos transformamos. Mas eu sim...

"Esse é o problema real, não é? É por isso que ele está sendo tão difícil em relação a mim". Eu suspirei. Será que ela finalmente entenderia? Como se não bastasse todos os meus erros, as decepções que causei a Carlisle e Esme, todas as vidas que eu tirei... Eu também teria que roubar a alma da única garota que eu amei?

Carlisle falou vagarosamente. "Eu olho para o meu... filho. Sua força, sua bondade, seu brilho que resplandece dele - e isso só enche daquela esperança, daquela fé, mais do que nunca. Como poderia não haver algo mais para alguém como Edward?"

Carlisle olhou mais uma vez através da janela e eu soube que as palavras dele foram mais para mim do que para Bella. Balancei a cabeça, Carlisle sempre teve fé demais em mim, muito mais do que algum dia eu mereci.

"Mas se eu acreditasse no que ele acredita... se você acreditasse no que ele acredita. Você poderia tirar a alma dele?", paralisei esperando pela resposta de Bella, nem sequer respirava. Através de Carlisle pude ver o impacto daquela lógica perfeita, Bella abriu a boca, mas fechou em seguida sem uma resposta. Ela parecia compreender.

"Você vê o problema?" Vocês dois vêem? Ela o ama Edward e ainda que ela possa compreender não significa que ela possa desistir. O tom de Carlisle expressava apenas paciência, tanto com Bella quanto comigo.

"É minha escolha", Ela mantinha um olhar determinado.

"E dele também. Ele será o responsável por fazer isso com você" Eu não poderia culpá-lo por isso. Por um momento, Carlisle se deixou levar por aquela culpa que conheceu ao longo das últimas décadas, ainda depois de tanto anos ele ainda se perguntava se tomou a decisão correta... Especialmente por Rosalie e por mim.

"Ele não é o único que pode fazer isso...", Bella persistiu.

"Oh, não! Você vai ter que acertar isso com ele. É dessa parte que eu nunca tenho certeza. Eu acho de todas as formas, que eu fiz o melhor com o que eu tinha. Mas será que foi certo impor aos outros a esse tipo de vida? Eu não consigo decidir"
karol

2 comentarios:

Marcela de Vasconcellos disse...

Uia, que eu to relendo tudo agora emus livros chegaram ....com certeza eu não vou resistir...eu vou chorar litros no cinema!!!!

Ainda mais que uma amiga vem de Brasília rpa assistir a estréia comigo e eoutra amiga do orkut...vamos inundar o cinema do Norte Shopping...


Não vejo a hora de ler a despedida pelo ponto de vista do Ed...ai como sofro!

Vampiros Jogam Baseball! disse...

→Ainda mais que uma amiga vem de Brasília rpa assistir a estréia comigo e eoutra amiga do orkut...vamos inundar o cinema do Norte Shopping...

Vc vai no Norte Shopping?? Eu fui lá ontem...
Se minha primas não me esperarem para assistir lá em cabo frio, eu vou no Carioca Shopping.

Assuntos