Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

19 de maio de 2009

Alice hiperativa

A primeira parte da fic "Noite sem Lua" -New Moon contado por Edward. Eu sei, o nome está péssimo, mas eu não consegui pensar em nada melhor. Se vocês tiverem algumas sugestões, nós podemos reunir as melhores e fazer uma enquete para decidir. Que tal?

***
Eu estava recostado em meu carro esperando pacientemente em mais um dia nebuloso no estacionamento da Forks High Schooll. A despeito das nuvens habitualmene carregadas no céu de Forks meu humor estava brilhante... Esse estado ânimo era muito comum em mim ultimamente. As horas passadas nessa escola já não eram preenchidas por momentos de um tédio sem fim causado por uma inércia torturante, tudo por apenas uma única razão, Isabella Swan.

Eu nunca teria imaginado, meio ano atrás, que aqueles ollhos cor-de-chocolate que no início me troxeram tanta angústia iriam se converter na na única razão da minha existência e na minha fonte particular de felicidade. Bella chegou e virou minha vida de pernas para ar... Não. Ela fez mais que isso, ela trouxe minha vida de volta.

Ela vai chegar logo. Alice saltitava ansiosa ao meu redor. Seus pensamentos estavam tão acelerados que eu mal podia captá-los, ela andava tão agitada com a expectativa do aniversário de Bella que estava à ponto de deixar todos loucos em casa. Felizmente nenhum membro da família Cullen necessitava dormir, caso contrário, duvido que conseguiriam noite passada com a “Sra. Eu-amo-festas” fazendo preparativos pela casa.

Por outro lado eu deveria agradecer à Alice, foi graças à ela que eu descobri como driblar a regra de “não presente” imposta pela minha teimosa namorada. Linda. Porém teimosa. Seria tudo tão mais fácil se Bella simplesmente deixasse eu lhe comprar um carro que fosse capaz de fazer uma viagem a Seattle e chegar inteiro lá. E era exatamente por essas insistentes objeções de Bella que eu procurava controlar minha empolgação pelo seu aniversário.

O ruído da caminhonete de Bella quebrou o silêncio ao nosso redor, nenhum dos alunos humanos poderia ouvi-la ainda. Mas Alice e eu podíamos. O sorriso de Alice se ampliou. Só mais um pouco agora. Ela pensou enquanto girava uma pequena caixa embrulhada em papel prateado nas mãos.

***

Por agora eu não posso prometer dias certos para postar, você vão ter que ficar conferindo. Mas eu posso prometer ao menos uma postagem semanal, talvez mais. Espero que aproveitem :)
○karol

2 comentarios:

_Flávia Tavares_ disse...

eu sei que sou meia lok sabe... eu disse que adoraria ler a história pela visão do Ed... mas é que quando eu li lua nova, eu chorei como um bebe... nossa tive que sair de barco de casa... é tão triste... doi fundo... agora eu to imaginando a dor do Ed... ai... sera que essa manteiga derretida aqui vai aguentar?!

Marcela de Vasconcellos disse...

Garota vc realmente escreve bem.

Dava pra encaixar essa narrativa no meio do lirvo e nem perceber que não foi escrito pela tia Steph.

\o/ /o\ \o/

bju

Assuntos