Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

3 de janeiro de 2009

Análise do Filme Hancock

Em Hancock Will Simith é um herói, um herói com problemas de auto-estima. Você já percebeu que normalmente em filmes de heróis o cara destrói metade da cidade no seu "ato de heroísmo" e ninguém liga? Pois é. Neste filme todo mundo liga. Viu como a vida é injusta com ele?

Ele não faz nada diferente do que os outros heróis fazem, mas todo mundo "cai de pau" em cima dele. "você destruiu meu carro" "Você quebrou o asfalto"

Por isso e pelo fato de ter sido abandonado em um hospital sem passado, sem futuro, sem fámília e sem amigos, Hancock é um pouco revoltado. OK OK, Muito revoltado.

Mas então ele salva um publicitário de bom coração da morte iminente e tudo muda. Ele passa a tentar mudar sua imagem, procura ser educado com as pessoas e passa a ser reconhecido como grande herói.

A maior reviravolta de todas acontece quando ele descobre que a esposa do publicitário é sua ex-mulher que o abandonou sem memória e que eles pertencem a uma espécie diferente (uma mistura de vampiro com x-man), que são imortais enquanto vivem separados, mas quando vivem juntos se tornam mortais.

E sempre que se tornavam mortais "Eles" tentavam matá-los (quem são "eles" nós nunca saberemos). Por este motivo ela o abandonou para que ambos tivessem a chance de viver. FIM

Motivos para assistir Hancock:

1- Will Smith aparece de roupa colada;
2- Will Smith está mais marrento do que nunca;
3- Ele voa, mas não sabe desviar dos prédios; (especialmente quando bebe)
4- Ele não sabe controlar sua força; (ele precisa ter aulas com Edward)
5- Ele é a prova de balas;
6- Ele vai para a prisão quando quer;
7- E sai de lá quando quer;
8- Ele pode destruir tudo mas pelo menos prende os bandidos;
9- Depois que fica educado ele tenta ser cavalheiro no meio de um tiroteio;
10- Ele tem um bom coração; (afinal essa é a parte importante né?)


○ Karol

1 comentarios:

--yas disse...

Fim???
ahahaha

Assuntos